Últimas notícias.

A Justiça de São Paulo decretou a prisão temporária do segundo suspeito de participar do assalto à casa da influencer Bruna Biancardi na última terça-feira (7) em Cotia (SP). A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública, segundo o portal UOL. “Um homem de 19 anos, identificado como envolvido em roubo a residência, teve a prisão temporária decretada pela Justiça. Na ocasião, seu comparsa, de 20 anos, já havia sido preso em flagrante”, informou a nota oficial. A Polícia Civil realiza buscas para localizá-lo, informou a SSP e tenta identificar o terceiro envolvido no assalto. O primeiro detido, encontrado ainda na terça-feira (7), confessou o crime e também teve prisão decretada pela Justiça. Ele aparece ao lado do morador do prédio, que facilitou o acesso dos invasores, nas imagens da câmera de segurança do condomínio. Em depoimento à Polícia Civil, o homem disse que o objetivo era roubar “os sogros do jogador Neymar”. Ele afirmou ainda que encontrou com os dois comparsas, chamados pelos apelidos de “Urso” e “Europa”, para orquestrar a ação criminosa. As informações foram divulgadas pelo portal Metrópoles. A “reunião” para planejar crime teria acontecido em um bar na zona oeste da capital paulista. Lá, eles teriam fumado maconha e tomado cerveja. Depois do encontro, os três foram até o condomínio onde Eduardo mora com a família, o mesmo das vítimas, e pegaram o carro do padrasto do jovem.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.