Últimas notícias.

O Ministério Público estadual denunciou cinco homens pelo assassinato da ialorixá e líder do ‘Quilombo Caipora’ Maria Bernadete Pacífico Moreira, Mãe Bernadete, 72. A denúncia foi oferecida na segunda-feira, dia 13, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco). Mais informações sobre a denúncia serão concedidas em *entrevista coletiva nesta quinta-feira, dia 16, às 11h, na sede do MP no CAB*, pelo coordenador do Gaeco, promotor de Justiça Luiz Neto; pelo secretário de Segurança Pública Marcelo Werner e pela delegada-geral Heloísa Brito. Foram denunciados, por homicídio qualificado por motivo torpe, de forma cruel, com uso de arma de fogo e sem chance de defesa da vítima, Arielson da Conceição Santos, Josevan Dionísio dos Santos, Marílio dos Santos, Sérgio Ferreira de Jesus e Ydney Carlos dos Santos de Jesus. O crime aconteceu no último dia 17 de agosto, na sede da associação quilombola, na comunidade de Pitanga dos Palmares, no município de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador. O MP pediu a prisão preventiva de Ydney de Jesus. Marílio, que possui quatro mandados de prisão em aberto, e Josevam estão foragidos. Arielson e Sérgio já estão presos.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.