Últimas notícias.

A Acelen, gestora da Refinaria de Mataripe, anunciou na última quinta-feira (6) uma redução de 4% no preço da gasolina vendida às distribuidoras. O preço do diesel, por sua vez, não sofreu alterações. A empresa esclareceu que seus preços são definidos por critérios de mercado, levando em consideração variáveis como o custo do petróleo, adquirido a preços internacionais, a cotação do dólar e os custos de frete, o que pode resultar em variações tanto para cima quanto para baixo. Em nota, a Acelen enfatizou que mantém uma política de preços transparente, fundamentada por critérios técnicos e alinhada com as práticas internacionais de mercado. No entanto, apesar da redução anunciada para as distribuidoras, não há garantias de que essa diminuição será refletida no preço final pago pelos consumidores nas bombas. O Sindicato do Comércio de Combustíveis, Energias Alternativas e Lojas de Conveniências do Estado da Bahia (SindiCombustíveis) destacou, também em nota, que cabe aos distribuidores decidir se irão repassar ou não essa redução de preço aos postos de combustíveis. O SindiCombustíveis esclareceu ainda que os postos não compram diretamente da Acelen, mas sim das distribuidoras, enfatizando a natureza livre e competitiva do mercado de combustíveis. “O SindiCombustíveis Bahia informa que o mercado é livre e competitivo, cabendo a cada posto revendedor decidir se irá repassar ou não ao consumidor os reajustes da Acelen, administradora da Refinaria Mataripe, salientando que os postos de combustíveis não adquirem produtos diretamente da Acelen e sim das distribuidoras”, afirmou a instituição.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.