Últimas notícias.

O cantor Silfarley Silva Neres, de 32 anos, conhecido como “Rei da Seresta” foi preso na madrugada deste sábado (22), após terminar um show de São João, na cidade de Barra do Choça, no sudoeste da Bahia. Segundo o diretor da recém-criada Regional do Interior do Sudoeste (DIRPIN), Roberto Júnior, Silfarley Silva foi condenado em 2022 a 4 anos e 6 meses de prisão por uso de documento falso, estelionato e associação criminosa. Silfarley Silva foi preso por volta das 0h30 após sair do palco. No Instagram, onde é seguido por mais de 590 mil pessoas, o cantor divulgou que tem shows marcados em cidades baianas, do Espírito Santo e de Minas Gerais até o fim de junho. Neste sábado, o “Rei da Seresta” tem apresentação marcada em Brejões, município que também é localizado no sudoeste baiano. A reportagem tentou contato com a produção do artista, mas não conseguiu até a última atualização desta reportagem.

Tags relacionados:

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.