Últimas notícias.

O Ministério da Saúde divulgou um aumento de 30% nos valores destinados ao custeio do Serviço Móvel de Urgência (Samu 192), representando um acréscimo de R$ 396 milhões anualmente nos repasses. Com essa ampliação, o total destinado ao serviço passará de R$ 1,3 bilhão para R$ 1,7 bilhão por ano. O objetivo é reduzir a sobrecarga nos municípios e incentivar a universalização do Samu 192, que não recebia atualização nos valores de custeio desde 2013. Além disso, o Ministério da Saúde informou que está em andamento um novo processo licitatório para a ampliação da frota do Samu. Serão investidos R$ 842 milhões para aquisição de 1.886 novos veículos, dos quais 1.633 serão utilizados para a renovação da frota existente, 185 serão destinados a novas unidades de Suporte Básico (USB) e 68 veículos servirão às novas unidades de Suporte Avançado (USA). Atualmente, há ainda 239 novas unidades a serem entregues este ano, referentes aos contratos anteriores. Esses veículos serão utilizados para renovar a frota do Samu 192 dos anos de 2015 e 2016. Os novos veículos serão distribuídos em 16 estados, com quantidades específicas para cada um deles, sendo os maiores quantitativos para Bahia, Minas Gerais, Ceará, Paraíba e São Paulo. A medida visa fortalecer o atendimento de urgência e emergência em todo o país.

Tags relacionados:

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.