Últimas notícias.

Na madrugada desta quarta-feira, 26 de julho, faleceu Dom Geraldo Lyrio Rocha, arcebispo emérito de Mariana e ex-presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). Aos 81 anos, o religioso veio a óbito devido a uma parada cardiorrespiratória após sofrer uma queda e fraturar o fêmur durante um Retiro para o clero em Altamira. Nascido em Fundão (ES) em 14 de março de 1942, Dom Geraldo Lyrio Rocha ingressou cedo no Seminário Nossa Senhora da Penha, em Vitória (ES), onde iniciou seus estudos e cursou Filosofia, obtendo também um mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade de Santo Tomás de Aquino em Roma. Além de suas atividades como bispo, ele também foi professor de Filosofia e História da Filosofia na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Ao longo de sua trajetória, Dom Geraldo Lyrio Rocha exerceu diversos cargos na Igreja, incluindo Bispo auxiliar da Arquidiocese de Vitória e Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em maio de 2007. Em 2002, assumiu como o primeiro Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista (BA), onde atuou até 2007. Posteriormente, foi nomeado arcebispo metropolitano de Mariana pelo Papa Bento XVI, exercendo o cargo até sua renúncia em 2018, quando se tornou arcebispo emérito. A comunidade religiosa lamenta a perda de Dom Geraldo, considerado um grande Pastor, e seus restos mortais serão transladados para a cidade de Vitória, no Espírito Santo. O velório foi iniciado às 6 horas, e a Missa de corpo presente será celebrada às 8 horas na Catedral de Altamira. O legado deixado por Dom Geraldo Lyrio Rocha será lembrado com carinho e gratidão por toda a Igreja no Brasil.

Tags relacionados:

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.