Últimas notícias.

Na tarde desta segunda-feira (31), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Vitória da Conquista realizou uma fiscalização em um ônibus que fazia a linha São Paulo/SP x Aurora/CE, na BR 116. Durante a averiguação, os policiais suspeitaram de duas passageiras devido a informações contraditórias fornecidas por elas. Uma das passageiras informou ter ido visitar uma suposta tia, mas não tinha o endereço nem o telefone de contato. Ela apenas sabia que alguém a buscaria na rodoviária. Ao vistoriar sua bagagem, os policiais encontraram 5,4 kg de cocaína. A mulher assumiu a propriedade da droga e declarou que receberia R$ 2.500,00 para transportá-la de São Paulo para Recife. Na sequência, outra passageira inicialmente disse que iria para Milagres/BA, mas logo mudou a versão, informando que o destino era Salvador/BA. Ao ser questionada, a mulher revelou que havia viajado para São Paulo há 1 mês, porém, foi encontrada com ela uma passagem aérea de Salvador para São Paulo emitida há 2 dias. Ao vistoriar a mochila da passageira, os policiais encontraram dois sacos com aproximadamente 3 kg da droga K9, também conhecida como Super Maconha. As duas passageiras foram conduzidas, juntamente com as drogas, para a Polícia Civil de Vitória da Conquista para registro do flagrante. As drogas K9, também conhecidas como “maconha sintética” ou “supermaconha”, são produzidas em laboratório e possuem efeitos muito mais fortes e prejudiciais do que a maconha orgânica proveniente da planta cannabis. Esse tipo de droga está ganhando popularidade entre os usuários, especialmente na região conhecida como Cracolândia, no centro de São Paulo.

Tags relacionados:

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.