Últimas notícias.

A Seleção Brasileira feminina foi eliminada da Copa do Mundo de 2023 após um empate sem gols contra a Jamaica, em Melbourne. Com esse resultado, a equipe comandada por Pia Sundhage se despede do Mundial ainda na fase de grupos, algo que não acontecia desde 1995. O jogo marcou também a despedida de Marta das Copas. A camisa 10, que foi titular no duelo contra as jamaicanas e saiu no segundo tempo, encerra sua participação no torneio como a maior artilheira da história das Copas (tanto de homens como de mulheres), com 17 gols, mas sem nenhum título. A jogadora brasileira chegou mais perto de uma conquista em 2007, quando o Brasil foi vice-campeão contra a Alemanha. Ao longo de sua carreira, Marta disputou seis Copas, mas não conseguiu marcar gols na atual edição. Com o empate, a Jamaica garantiu o segundo lugar do Grupo F, com 5 pontos, um a mais que o Brasil, e avançou para as oitavas de final. A França, que venceu o Panamá por 6 a 3 no outro jogo do grupo, ficou na primeira colocação, com 7 pontos. Apesar de ter dominado a partida contra as jamaicanas, a Seleção Brasileira não conseguiu converter sua superioridade em gols. Enfrentando uma adversária defensiva, as jogadoras de Pia cercaram a área da goleira Spencer, mas falharam nas tomadas de decisão ao finalizar as jogadas. Essa foi a terceira vez que o Brasil enfrentou a Jamaica em sua história, e foi o primeiro confronto em que a equipe brasileira não conseguiu marcar gols.

Tags relacionados:

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.