Últimas notícias.

Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) realizada nesta quarta-feira (02), o vereador Hermínio Oliveira (PODE) fez fortes críticas à atuação da empresa Via Bahia na região Sudoeste da Bahia. O parlamentar expressou sua insatisfação com a falta de investimentos da Via Bahia em Vitória da Conquista e região, comparando com a atenção dada a outras áreas do estado. Segundo ele, a empresa tem se mostrado omissa em relação à região Sudoeste, concentrando seus esforços apenas na Região Metropolitana de Salvador e na região de Feira de Santana. Hermínio Oliveira afirmou que a Via Bahia não tem realizado melhorias significativas na infraestrutura viária da região, limitando-se a arrecadar recursos através dos pedágios, sem proporcionar um retorno adequado aos cidadãos. Ele destacou que, enquanto em outras localidades a empresa constrói passarelas e viadutos, no Sudoeste não há a mesma preocupação em melhorar as condições de tráfego. Além disso, o vereador cobrou uma posição dos deputados baianos em relação à falta de atenção da concessionária à região. Para ele, os parlamentares deveriam se posicionar em defesa de Vitória da Conquista, que contribui significativamente para o estado com o pagamento de impostos e ICMS. Uma das questões específicas que Hermínio Oliveira abordou foi o problema do cruzamento entre a BA-263 (final da Avenida Juracy Magalhães) e o Anel Rodoviário Jadiel Matos. Ele ressaltou que a população enfrenta diariamente longos engarrafamentos na área, e pediu uma solução para o problema. O vereador encerrou seu pronunciamento reiterando sua indignação com a atuação da Via Bahia e fazendo um apelo para que a empresa reveja suas prioridades e invista mais na região Sudoeste, garantindo melhores condições de mobilidade e segurança para os moradores de Vitória da Conquista e cidades vizinhas.

Tags relacionados:

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.