Últimas notícias.

Na última terça-feira (1º), um bebê de apenas 4 meses morreu em seu primeiro dia na Creche Território Infantil Novo Tempo, no município de Eunápolis, no extremo sul da Bahia. A vítima foi identificada como Benício Soares Rodrigues e tinha um irmão gêmeo. Familiares estão buscando explicações das autoridades locais para entender o que aconteceu com o menor. Segundo o site Informe Baiano, a mãe das crianças, identificada pelo prenome Laisa, deixou os bebês na instituição e, por volta das 11h40, funcionárias fizeram uma ligação de vídeo para ela, onde os bebês apareceram bem. No entanto, uma hora depois, por volta das 12h40, as profissionais ligaram novamente informando que um dos bebês não tinha acordado mais. Em razão disso, a mulher acionou o marido, Lucas, que foi até a creche e encontrou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no local. Os profissionais do SAMU constataram a morte do bebê, suspeitando de possível afogamento. A mãe chegou pouco depois e pediu para ver o ambiente onde o filho estava, mas os funcionários da creche haviam trancado o local. De acordo com os familiares, o Instituto Médico Legal foi acionado e realizou a remoção do corpo por volta das 14h. O quarto onde o bebê estava não pôde ser periciado pois estava trancado. A família ainda destaca que agentes da Polícia Militar também compareceram ao local, mas não realizaram investigações. Na manhã de quarta-feira (02), o Instituto Médico Legal informou à família que o bebê teria um problema pulmonar. Os familiares explicaram que a criança chegou a ter uma pneumonia há algum tempo, mas ele já tinha passado por tratamento e estava bem. Os responsáveis por Benício Soares estão cobrando explicações das autoridades locais, alegando uma “série de falhas” no caso. A falta de perícia no quarto deixou a família com dúvidas sobre o ocorrido. Conforme relato, os donos da creche são amigos dos filhos da prefeita da cidade. O sepultamento de Benício ocorreu na manhã de quarta-feira (02), em Araçuaí, Minas Gerais, cidade natal da mãe do bebê. O pai do bebê e a direção da creche prestaram depoimento na 1ª Delegacia Territorial de Eunápolis. As autoridades estão investigando o caso para esclarecer as circunstâncias da morte do bebê.

Tags relacionados:

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.