Últimas notícias.

A segunda noite do Festival de Inverno Bahia 2023, em Vitória da Conquista, foi uma celebração da diversidade musical brasileira, com apresentações que deixaram uma marca indelével no público. Iniciando a noite, Djavan trouxe sua turnê ‘D’, que combina sucessos de uma carreira que se aproxima dos 50 anos com faixas do seu álbum mais recente. No palco, ele fez questão de agradecer à Ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara, a quem atribuiu o texto de abertura do seu show. O cantor ainda ressaltou que a apresentação era uma “homenagem às minorias”, enfatizando o tom inclusivo e reflexivo de sua obra. Gloria Groove foi a segunda a subir ao palco, emocionando a plateia com seu último show da era “Lady Leste”. Vestida de vermelho para marcar a ocasião, a artista anunciou que tem novos projetos para o próximo mês, inspirados por ninguém menos que Beyoncé. O ritmo da noite acelerou com Léo Santana, que não só lançou seu novo hit “Golzinho Vermelho”, mas também emocionou o público ao homenagear Marília Mendonça, falecida em novembro de 2021. Ao som de ‘Apaixonadinha’, ele pediu: “Liga o flash do celular, levanta os braços… Não é para mim, é para ela…. ‘Marília nos deixou apaixonadinhos’. Eternamente em todos os cantos.” Fechando a noite com chave de ouro, Lincoln trouxe toda sua energia para o palco, mantendo o alto astral do público até o último momento e encerrando uma noite para entrar para a história. Não perca nenhum detalhe dessa edição incrível do Festival de Inverno Bahia 2023, acompanhe a cobertura completa no Blog Conquista.

Tags relacionados:

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.