Últimas notícias.

Na tarde de sábado (26), em um bairro de São Paulo, uma mulher foi detida após a descoberta do corpo de sua filha, de 8 anos, esquartejado dentro da geladeira de sua casa. A denúncia partiu da sogra da acusada, após receber informações de vizinhos que desconfiaram do peso atípico do eletrodoméstico durante a mudança da suspeita. Segundo o g1, inicialmente, a mulher negou o crime, relatando que, após um encontro com homens de aplicativos de relacionamento em sua casa e uso de drogas, encontrou a filha morta ao acordar. Na sequência, por não saber como proceder, teria escondido o corpo na geladeira, onde permaneceu por um mês. No entanto, ao ser levada à delegacia, a suspeita confessou o crime. Ela declarou que, na madrugada entre 8 e 9 de agosto, sob efeito de drogas, atacou a filha com uma faca enquanto esta escovava os dentes, não aceitando a separação com o pai da criança. O caso foi registrado pelas autoridades como homicídio qualificado contra menor de 14 anos, emboscada por motivo fútil e ocultação de cadáver. Atualmente, a Justiça avalia se a acusada permanecerá detida ou se responderá em liberdade. Os outros dois filhos da suspeita estão sob os cuidados do Conselho Tutelar.

Tags relacionados:

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.