Últimas notícias.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) iniciou um inquérito na última quarta-feira (30) para investigar as responsabilidades trabalhistas relacionadas à morte de José Homero Bispo da Silva, 47 anos. O trabalhador faleceu em um deslizamento de terra em um garimpo de manganês no distrito de Brejinho das Ametistas, em Caetité, sudoeste da Bahia. O garimpo é considerado ilegal. O inquérito tem como objetivo apurar as circunstâncias do acidente, ocorrido na terça-feira (29), e estabelecer responsabilidades. Para isso, o MPT solicitará informações de diversos órgãos envolvidos no caso, incluindo a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros e, principalmente, a Superintendência Regional do Trabalho da Bahia (SRT-BA). A SRT-BA é o órgão responsável por fiscalizar o cumprimento de normas de saúde e segurança do trabalho em casos de acidentes fatais como este. O inquérito buscará entender se houve falhas ou negligências que possam ter contribuído para o trágico incidente.

Tags relacionados:

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.