Últimas notícias.

"Riacho de Santana"

Um homem com mandado de prisão em aberto por estupro de vulnerável foi preso na quinta-feira (4), em Riacho de Santana, no sudoeste da Bahia. G.S.O teria cometido o crime contra adolescente, 14 anos, na cidade de Severínia. O cumprimento do mandado foi efetuado por uma equipe da 24ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, por agentes lotados na Delegacia Territorial de Riacho de Santana, sob a coordenação da investigadora Amanda Santos. O indiciado é acusado de manter relação sexual frequentemente com a menor, conforme consta no inquérito. Depois do ato sexual, ele pedia para ela não dizer nada para a mãe, pois ela ficaria com raiva e lhe batia. A prisão foi comunicada à Justiça de São Paulo. Diante dos vários casos, percebe-se que é o modus operandi dos acusados que praticam esses crimes, a exemplo: “sua mãe vai -lhe bater”, ou “sua irmã vai ficar com raiva de você” ou “vou matar a sua mãe”, etc. O preso será conduzido para o Complexo Policial de Bom Jesus da Lapa, onde aguardará a transferência para o Estado de São Paulo.

Um homem foi detido na manhã desta quarta-feira (22/5) por Policiais Militares da 38ª CIPM após ser flagrado utilizando cédulas de dinheiro falso em centros comerciais na cidade de Riacho de Santana, localizada no meio-oeste da Bahia. Os agentes foram acionados para investigar uma denúncia relatando a circulação de dinheiro falso no município. A partir dos depoimentos fornecidos por moradores locais, a Polícia Militar deflagrou uma operação de busca que resultou na localização do suspeito. Durante a abordagem, foram encontrados aproximadamente R$1.200 em cédulas falsificadas em posse do homem. Confrontado pelas autoridades, o suspeito confessou ter obtido o dinheiro falsificado de uma pessoa proveniente de outro estado. Após a admissão, ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia responsável pela região para os procedimentos legais cabíveis.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.