Últimas notícias.

O prefeito de Jussiape, Eder Jakes Souza Aguiar, foi alvo de uma decisão da Câmara de Vereadores que rejeitou as contas referentes ao ano de 2021. A votação ocorreu na sessão da última sexta-feira (24). As contas do gestor já haviam sido rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, porém, após recurso, o Tribunal reconsiderou sua decisão. O relator das contas na Câmara, vereador Felipe Souza (Avante), emitiu parecer pela reprovação das contas do prefeito, que foram submetidas à apreciação dos vereadores. Em uma votação secreta realizada pela manhã, sete vereadores votaram a favor do parecer de reprovação, enquanto dois votaram contra. Dessa forma, as contas foram reprovadas por maioria. Durante o discurso, o vereador José Roberto (Avante) destacou que, com a reprovação das contas, o prefeito ficará inelegível por um período de oito anos. Éder Jakes foi alvo de investigação por uma CPI, que investigou possíveis perseguições a servidores públicos e munícipes. Por fim, o vereador José Roberto solicitou ao presidente da Câmara, Jadiel Carvalho, que fosse enviado um ofício ao Tribunal de Contas dos Municípios comunicando a decisão do Legislativo. Além disso, solicitou que fosse ajuizada, através da Câmara, uma representação no Ministério Público da Bahia (MP-BA) com base no parecer aprovado, que denuncia o gestor por possíveis irregularidades em licitações e serviços prestados.

vereadores-jussiape

As investigações da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, sobre o acidente na BR-101 em 11 de abril, foram concluídas e o motorista do ônibus de turismo que tombou foi indiciado. Segundo o delegado responsável pelo caso, o motivo do acidente, que deixou nove pessoas mortas e 18 feridas, foi o excesso de velocidade. O veículo saiu do Rio de Janeiro com destino a Porto Seguro, mas acabou tombando quando o motorista perdeu o controle da direção em uma curva sinalizada como perigosa. O inquérito policial revela que o condutor ultrapassava 110 km/h, desconsiderando a sinalização sobre curvas perigosas na região. No interrogatório, o motorista alegou que o acidente foi provocado por um carro de passeio que vinha no sentido oposto e na contramão. No entanto, as imagens de um veículo que estava atrás do ônibus mostram que o coletivo seguia em alta velocidade. Testemunhas também confirmaram essa versão. Diante das provas, o motorista foi indiciado por nove homicídios culposos e 18 lesões corporais no trânsito. A pena prevista para esses crimes é de detenção de 2 a 4 anos, além da suspensão ou proibição de dirigir. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou que o ônibus possuía todas as licenças necessárias para o transporte interestadual de passageiros na modalidade fretamento. O veículo estava em dia com o Certificado de Segurança Veicular (CSV) e com a regulamentação do tacógrafo.

O prazo para os microempreendedores individuais (MEIs) enviarem a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI) deste ano encerra nesta sexta-feira (31). A data coincide com o dia limite para entregar a declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2024. O contribuinte que entregar a DASN-SIMEI com atraso estará sujeito a uma multa de no mínimo R$50. Deve constar no documento a receita bruta do negócio e os impostos pagos ao longo do ano, o faturamento não pode ser superior a R$ 81 mil, nesse caso o empreendedor passa ser enquadrado como uma microempresa. O envio da declaração é obrigatório mesmo para quem não tenha tido faturamento em 2023. Caso o microempreendedor não esteja com as contas em dia, deve regularizar a declaração e o recolhimento mensal de impostos dos meses que estiverem faltando.

Um motorista morreu após tentar fazer uma ultrapassagem e bater de frente com uma carreta na BR-116, nas proximidades de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, nesta terça-feira (28). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 7h50 da manhã. A vítima, identificada como Daniel Andrade Oliveira, de 37 anos, ficou presa às ferragens e morreu no local. O carro de Daniel parou de um lado da pista e a carreta, que transportava gesso, do outro. O condutor da carreta, que vinha de Pernambuco com destino a Minas Gerais, teve apenas ferimentos leves. Equipes da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e da Via Bahia, empresa responsável pela manutenção da rodovia, estiveram no local para fazer a remoção dos veículos envolvidos. Familiares e amigos de Daniel compareceram ao ponto da colisão. A vítima, natural de Vitória da Conquista, trabalhava em uma fábrica de estofados e estava a caminho do trabalho. Segundo a Polícia Civil, o corpo de Daniel foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) e ainda não foi liberado. A família aguarda a liberação para realizar o velório.

A prévia da inflação oficial ficou em 0,44% em maio. O resultado é mais do que o dobro do mês de abril, de 0,21%, e foi puxado principalmente pelo preço da gasolina, que subiu 1,9% no período de coleta e contribuiu com 0,09 ponto percentual (p.p) do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), divulgado nesta terça-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado de maio interrompe a sequência de 2 meses de queda do IPCA-15 e é o maior desde fevereiro, quando chegou a 0,78%. No acumulado de 12 meses, o IPCA-15 é de 3,70%, dentro da meta de inflação do governo de 3% com tolerância de 1,5 p.p. para mais ou para menos, e abaixo do observado nos 12 meses imediatamente anteriores, de 3,77%. Já em maio do ano passado, o índice estava em 0,51%. Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados pelo IBGE, oito tiveram alta de preços em maio. As maiores variações vieram dos grupos saúde e cuidados pessoais (1,07%) e transportes (0,77%). No caso dos transportes, o vilão foi a gasolina, produto com maior influência da alta em toda a pesquisa. Outro item que pressionou a prévia da inflação foram as passagens aéreas, que subiram 6,04%. Apesar desse valor nominal ser maior que o da gasolina, o impacto do combustível influencia mais o IPCA-15, pois tem um peso maior na cesta de produtos pesquisados pelo IBGE.

Um homem de 43 anos foi preso na manhã desta terça-feira (28) em Guanambi, no sudoeste da Bahia, acusado de estuprar a própria cunhada. A prisão ocorreu por volta das 6h, no bairro Brasília, em cumprimento a um mandado expedido pela Vara Criminal de Riacho de Santana. Segundo a vítima, os abusos começaram em 2009, quando ela tinha apenas 8 anos, e continuaram até seus 12 anos. Ela relatou à polícia que, inicialmente, o acusado aproveitava para cometer os delitos quando a levava de motocicleta. Ele fazia com que ela tivesse contato com seu órgão genital e, com o tempo, os abusos evoluíram para penetração. A jovem também mencionou que foi abusada pelo homem dentro de uma piscina e que os abusos continuaram até ela começar a menstruar. Após isso, os atos cessaram, mas ela ainda foi importunada em 2019. A prisão preventiva foi decretada pelo juiz Dr. Paulo Rodrigo Pantusa para garantir a ordem pública e impedir a reiteração criminosa. O magistrado destacou que o acusado poderia repetir o comportamento com outros familiares e que havia risco de fuga, conforme admitido pelo próprio suspeito em conversas no WhatsApp. O homem foi preso por policiais civis e será recambiado à sede da 24ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), onde ficará à disposição da Justiça. O nome do acusado não foi divulgado para preservar a identidade da vítima e não comprometer o procedimento processual. A denúncia foi feita em Riacho de Santana, onde a vítima residia, apesar dos fatos terem ocorrido em Guanambi.

A Polícia Federal, com o apoio da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (COPPA) e do Centro de Triagem de Animais Silvestres CETAS/INEMA, deflagrou, na manhã desta terça-feira (28/5), em Serrinha, a “Operação Ojuara”, com o objetivo de cumprir mandados judiciais decorrente de investigação relativa ao tráfico ilegal de animais praticado, através dos Correios. A investigação teve início com a apreensão de diversos répteis na Agência Central dos Correios em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), quando se detectou a presença de objetos postais, identificados fraudulentamente, que continham carga viva. No decorrer da apuração da Polícia Federal, constatou-se a existência de uma rede criminosa formada por criadores clandestinos de animais, da fauna silvestre e exótica, que o comercializavam através da internet e utilizava o serviço postal para realização da sua entrega. Na ação, equipes da Polícia Federal, com apoio da COPPA/PM, cumpriram dois mandados de busca e apreensão, expedidos pela 17ª Vara Federal da Seção Judiciária da Bahia, tendo os animais aprendidos sido encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres do INEMA, para reabilitação e, quando possível, devolução a natureza. Os investigados pela comercialização dos animais irão responder pelos crimes de tráfico e maus-tratos de animais; introdução de espécime animal no País, sem autorização, receptação e falsidade ideológica. As penas, somadas, podem chegar a 12 anos de reclusão.

O Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), por meio da Defesa Civil Nacional, reconheceu nesta segunda-feira (27) a situação de emergência na cidade de Lagoa Real, no sudoeste da Bahia. Com essa medida, o município está apto a solicitar recursos do Governo Federal para executar ações de defesa civil. Cidades que recebem o reconhecimento federal de situação de emergência ou de estado de calamidade pública podem solicitar recursos ao MIDR para ações de defesa civil. A solicitação deve ser feita através do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). As informações enviadas pelos municípios em seus planos de trabalho são avaliadas pela equipe técnica da Defesa Civil Nacional, que analisa as metas e os valores solicitados. Após a aprovação, é publicada uma portaria no Diário Oficial da União (DOU) com o valor a ser liberado. Além disso, a Defesa Civil Nacional oferece diversos cursos a distância para habilitar e qualificar agentes municipais e estaduais no uso do S2iD. Essas capacitações são focadas em agentes de proteção e defesa civil em todas as esferas de governo, visando melhorar a eficiência na gestão de desastres e na execução de ações de defesa civil.

Agências bancárias em todo o país não terão atendimento presencial ao público nesta quinta-feira (30), quando se celebra o Corpus Christi. O atendimento ao público nas agências será retomado na sexta-feira (31).  Em nota, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) destacou que compensações bancárias, incluindo TED, também não serão efetivadas. Já o PIX, que funciona 24 horas todos os dias, poderá ser feito normalmente. “Em algumas localidades, as salas de autoatendimento estarão disponíveis aos clientes no dia do feriado, a critério da instituição”, destacou a Febraban no comunicado.  “Como alternativa, é possível utilizar os canais digitais e remotos dos bancos, como sites e aplicativo, para a realização de transferências e pagamento de contas nos dias em que não houver expediente nas agências”, completou.  Contas de consumo, incluindo água, energia e telefone, além de carnês com vencimento na quinta-feira, poderão ser pagos, de acordo com a federação, sem acréscimo, no dia útil seguinte. Ainda segundo a Febraban, boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser pagos por meio de Débito Direto Autorizado (DDA). 

A Mega-Sena vai sortear nesta terça-feira (28), as seis dezenas do concurso 2.730 a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço da Sorte, em São Paulo. O sorteio terá a transmissão ao vivo pelo canal Caixa no YouTube e no Facebook das loterias Caixa. O prêmio da faixa principal está acumulado em R$75 milhões. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. O jogo simples, com seis números marcados, custa R$ 5.

Um incêndio causado pela explosão de um celular destruiu parte de uma residência na Rua Ferreira e Silva, no bairro Dr. Juracy, na noite desta segunda-feira (27). Segundo informações obtidas pelo Agora Sudoeste, o incidente ocorreu enquanto um dos moradores utilizava o aparelho enquanto ele estava carregando, resultando em um incêndio que devastou bens materiais e comprometeu a estrutura do imóvel. Na casa, residia uma mulher junto com sua filha e três netos. Felizmente, todos conseguiram sair do local sem ferimentos. A rápida reação e a fuga dos moradores foram cruciais para evitar uma tragédia maior. No entanto, o fogo causou significativos danos materiais, destruindo diversos pertences da família. Devido à ausência de uma unidade do Corpo de Bombeiros no município de Brumado, a situação foi controlada com a ajuda de um caminhão pipa particular, que foi utilizado para combater as chamas. A iniciativa rápida dos moradores e a disponibilidade do caminhão pipa foram fundamentais para conter o fogo antes que ele se alastrasse ainda mais.

Enquanto atuava como presidente do Partido da Social Democracia (PSD), em Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste da Bahia, o professor Jenilson Rego fez graves denúncias de abuso de poder econômico contra o prefeito José Ricardo Assunção Ribeiro (Rede), o Ricardinho, e a vice-prefeita Joanina Batista Silva Morais Sampaio (PSB), no âmbito das eleições 2020. Agora, as denúncias voltaram à tona e prefeito e vice podem ficar inelegíveis por oito anos. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Rego disse que uma ação foi protocolada na Justiça para apuração dos crimes cometidos por ambos, os quais incluem também compra de voto através de dinheiro em espécie, distribuição de gasolina e abertura de poços artesianos. “Apesar de morosa, a justiça tem que ser cumprida. Acredito muito na lei. Se teve os abusos, o juiz vai dar a sentença merecida”, afirmou. Renilson apontou que, na época das últimas eleições, há 4 anos, muitos abusos foram praticados pelo grupo, entre os quais violações impostas em decorrência da pandemia. O professor assegurou que o prefeito e a vice usaram a máquina pública para cometerem muitas dessas irregularidades. “Foram muitos absurdos. As denúncias são pesadas. Admiro como estão aí até hoje administrando. Era pra ter sido cassada a diplomação”, disparou. O PSD hoje faz parte da base do atual prefeito livramentense, mas segundo o ex-presidente da sigla, não existe possibilidade de desistência da ação. 

Um homem de 44 anos foi assassinado por enforcamento pelo próprio irmão na zona rural do município de Araci, no nordeste da Bahia, na manhã de domingo (26). A Polícia Militar foi acionada e encontrou a vítima com ferimentos no pescoço e sinais de luta corporal. Familiares da vítima informaram que a última pessoa a ter contato com o homem, enquanto ele ainda estava vivo, foi seu irmão, de 46 anos. O acusado assumiu a autoria do crime e foi preso em flagrante. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Araci para os procedimentos legais. O suspeito sofre de transtornos mentais e está em tratamento no Centro de Atenção Psicossocial (Caps). O caso segue sob investigação das autoridades locais.

O vice-presidente do União Brasil, ACM Neto, criticou o sistema de saúde pública do governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), destacando um cenário alarmante de mortes na fila da regulação, principalmente em Feira de Santana, no centro norte baiano. Nesse período do atual governo, 374 pessoas morreram aguardando atendimento médico na cidade. Neto destacou o caso de uma senhora de 67 anos em Ipirá, que esperou sete dias por um internamento e não foi regulada a tempo. “Esse é o drama vivido por diversas famílias do nosso estado”, lamentou. O ex-prefeito de Salvador apontou para a precariedade das regiões sem hospitais regionais, denominando-as de “buracos assistenciais”, onde os pacientes enfrentam longas esperas para conseguir internamento e muitos acabam não recebendo atendimento, principalmente no interior. Ele também lembrou a promessa feita por Jerônimo Rodrigues em 2022 de zerar a fila da regulação, o que não se concretizou. “O problema só se aprofundou ao longo de 18 anos de governos do PT. Insistem nesse modelo que tem dado errado. Regulação falida”, criticou o vice-presidente do União Brasil. Ele questionou até quando o estado continuará com um modelo de regulação ineficaz, destacando que há bons exemplos de estados onde a fila anda e o atendimento é eficaz, graças à qualificação do pessoal. “Temos bons exemplos de estados onde a fila anda. Até quando vamos ter um modelo de regulação que não funciona?”, questionou.

Entre os dias 21 e 23 de maio, a operação Posto Legal realizou fiscalizações em 48 postos de combustíveis nos municípios de Jequié, Planalto, Poções, Ipiaú, Itagi, Itagibá, Maracás, Jaguaquara e Milagres. A ação teve como objetivo assegurar o cumprimento de requisitos de qualidade e quantidade na comercialização de combustíveis, bem como verificar a regularidade fiscal e cadastral dos estabelecimentos. A operação é uma força-tarefa que envolve múltiplos órgãos públicos. O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro) foi responsável por avaliar o funcionamento das bombas e bicos de combustíveis. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) aferiu a qualidade dos combustíveis, enquanto a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA) cuidou dos aspectos relacionados aos direitos do consumidor. A Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA) verificou a regularidade fiscal e cadastral dos postos, e a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), por meio das polícias Civil e Militar, com apoio da Companhia Independente de Polícia Fazendária (Cipfaz), garantiu a segurança e suporte às equipes de fiscalização. A Procuradoria Geral do Estado (PGE) tratou das questões jurídicas envolvidas. A operação visa proteger os consumidores, assegurando que eles recebam produtos de qualidade e em quantidade correta, além de garantir a legalidade das operações dos postos de combustíveis. Os consumidores podem denunciar suspeitas de irregularidades em postos de combustíveis na Bahia por meio do serviço Disque Denúncia Bahia, disponível pelos telefones 71 3235-0000 (Salvador e RMS) e 181 (interior) ou pelo site do Disque Denúncia.

Uma criança internada no Hospital Materno Infantil Dr. Joaquim Sampaio, localizado em Ilhéus, poderá receber transfusão de sangue e hemoderivados após a Justiça atender pedido apresentado pelo Ministério Público estadual e autorizar, no último dia 24, a equipe médica a realizar o tratamento, se necessário. Segundo o promotor de Justiça Pedro Nogueira Coelho, os pais da criança, alegando motivos religiosos, não haviam autorizado a transfusão mesmo com ela correndo risco de morte. Segundo a ação, a criança é recém-nascida, pequena para idade gestacional, e, por conta disso, apresentou insuficiência respiratória, sendo mantida em ventilação mecânica, com problemas cardiológicos e hemorragia digestiva. Diante desse quadro, a Justiça autorizou ainda a realização de todos os procedimentos que se fizerem pertinentes ao resguardo da vida e saúde da criança. Também determinou que a técnica em Serviço Social e/ou agente de proteção realize visita à residência da família para verificação do acolhimento ao bebê de forma ampla assim que ele tiver alta. Na ação, o promotor de Justiça registrou que o direito à liberdade religiosa não deve se sobrepor ao direito à vida, que prevalece e deve ser salvaguardado. “Em que pese o profundo respeito ao direito concebido aos pais de dirigir aos seus filhos a criação e educação, devendo o Estado também respeitar as responsabilidades, os direitos e os deveres destes, é, por outro lado, imperioso verificar-se que não se pode restringir o direito da criança a ter sua vida e saúde protegida, por conta da convicção dos pais”, pontuou Pedro Coelho.

Na manhã desta segunda-feira (27), por volta de 11h15, um grave acidente de trânsito foi registrado no Distrito de Duas Passagens, zona rural de Licínio de Almeida, sudoeste da Bahia. Segundo informações da 94ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), duas pessoas que estavam em uma motocicleta Honda Bros caíram após o condutor perder o controle em uma curva na BA-026, em direção ao distrito. O condutor da moto, identificado como Iran Carlos de Jesus Ribeiro, de 32 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A passageira, uma mulher de 22 anos, sofreu ferimentos e foi socorrida para o hospital do município. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) esteve no local para realizar a perícia. O corpo de Iran Carlos foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Guanambi para ser necropsiado. Até o momento, não há informações sobre os procedimentos de velório e sepultamento. 

O impasse sobre o reajuste salarial dos professores da rede estadual da Bahia continua a gerar suspensão de aulas em todo o estado. Na última sexta-feira (24), a categoria aprovou uma nova paralisação das atividades, que ocorre nesta segunda-feira (27) e terça-feira (28). De acordo com Elza Melo, diretora da APLB (sindicato dos professores estaduais), o protesto dos professores é uma resposta à proposta de reajuste salarial de 4,69% apresentada pelo governador Jerônimo Rodrigues. “A paralisação acontece hoje e amanhã para acompanhar a votação do reajuste salarial e se posicionar contra essa proposta, que é de 5,69%. Estaremos na AL-BA durante esses dias para protestar contra o reajuste que será votado”, explicou. Os professores estão reivindicando um reajuste de pelo menos 10%. “Estamos pedindo, no mínimo, uma proposta de 10% para discutir com o governo. No entanto, houve uma negativa do governo estadual, que propôs um aumento de 5,69% dividido em três vezes para o magistério e 4% para os demais servidores”, afirmou Melo. Outras categorias, como a saúde, o judiciário e a Polícia Civil, também estarão presentes na manifestação. Além do reajuste salarial, a classe pede a revisão do plano de cargos. “Já existe um acordo com o governo para fazer a revisão do plano de cargos”, destacou a diretora. Em nota enviada ao Bahia Notícias, a Secretaria de Educação informou que mantém um canal de diálogo aberto com os professores e que o governo tem atendido às demandas da categoria, incluindo o pagamento dos precatórios, a regulamentação do pagamento do Abono Extraordinário e a nomeação de professores e coordenadores pedagógicos para o quadro efetivo do magistério. “A Secretaria da Educação do Estado entende que o direito à livre manifestação faz parte do processo democrático, assim como o compromisso de garantir o pleno funcionamento das instituições públicas para o bem geral da sociedade, o funcionamento regular das atividades pedagógicas na rede estadual de ensino e o cumprimento dos 200 dias letivos previstos em Lei”, afirmou a pasta.

Uma pedra preciosa — de matriz preta com esmeraldas verde — de 137 quilos, encontrada na Mina Caraíba, em Pindobaçu, no norte da Bahia, vai a leilão na terça-feira (28). Segundo a Receita Federal, o item valioso pode ser comprado pelo valor mínimo de R$ 115 milhões. De acordo com a Receita Federal, o item é o lote 245 do leilão e a compra está disponível até 21h desta segunda-feira (27). Apesar de considerado alto, o valor ainda está abaixo do que a pedra preciosa vale, conforme aponta o laudo técnico geológico da pedra, a partir de uma perícia feita em 2 de agosto de 2022. A pedra tem 60 centímetros de altura, 20 centímetros de largura e 20 centímetros de profundidade. O relatório do item afirma que a precificação da mercadoria não segue os métodos de avaliação de gemas para o mercado de joias e que essa peça apresenta valor comercial para colecionadores, museus e universidades, “dada sua raridade e beleza própria”. O relatório compara o real valor da pedra com casos semelhantes: entre 30 milhões de dólares a 50 milhões de dólares em leilão, o que corresponderia de R$ 154 milhões a R$ 256 milhões, na cotação atual. O relatório ainda cita uma reportagem publicada em 2017, que afirma que a esmeralda foi avaliada em R$ 500 milhões. A Receita Federal informou que além da pedra preciosa que será leiloada na terça-feira, outras, consideradas ainda mais robustas, foram encontradas na região norte da Bahia: A primeira, descoberta em 2001, tem 380kg e foi avaliada em US$ 400 milhões, segundo a reportagem. A segunda pedra encontrada, conhecida como “Esmeralda Bahia”, tem 360kg e foi encontrada na Mina da Carnaíba, no município de Pindobaçu em abril de 2017 e, segundo reportagem, foi avaliada em US$ 300 milhões. O documento não detalhou o que foi feito com essas pedras.

Uma lutadora de jiu-jítsu morreu em um acidente de moto na BA-415, entre os municípios de Vitória da Conquista e Barra do Choça, no sudoeste da Bahia, no domingo (26). A vítima foi identificada como Angélica Celina Costa Brasil, de 30 anos. Além de ser lutadora, Angélica era instrutora de defesa pessoal e estava cursando Educação Física e Nutrição. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o acidente ocorreu quando um carro encostou lateralmente na moto que Angélica conduzia. O impacto fez com que ela perdesse o controle do veículo, caísse na pista e fosse atingida pelo pneu traseiro de um caminhão que trafegava pela rodovia. Angélica morreu no local. O corpo da lutadora foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT). O condutor do carro foi levado ao Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) de Vitória da Conquista para prestar esclarecimentos. O velório de Angélica ocorreu nesta segunda-feira (27) em Vitória da Conquista, com o enterro programado para o fim da tarde. Ela deixa um filho.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.